Quarta, 14 de Abril de 2021
83 99868-8794
Anúncio
Polícia POLICIAL

Delegado paraibano diz que Geffeson Moura foi executado sem apresentar reação e arma apontada como dele foi plantada por policiais de Sergipe

A Polícia Civil da Paraíba representou pela decretação da prisão temporária da equipe de policiais sergipanos que participou de uma ação na cidade paraibana de Santa Luzia

24/03/2021 09h45
Por: Mídia Paraíba Fonte: Por Philippe Ramalho/Redação ClickPB
Delegado paraibano diz que Geffeson Moura foi executado sem apresentar reação e arma apontada como dele foi plantada por policiais de Sergipe

O delegado, um agente de investigação da Polícia Civil e um policial militar envolvidos na morte do empresário paraibano Gefferson de Moura foram presos na tarde desta terça-feira (23), em Aracaju, Sergipe. A Polícia Civil de Sergipe realizou a prisão, atendendo ao decreto do Ministério Público e o Poder Judiciário da Paraíba.

A Polícia Civil da Paraíba representou pela decretação da prisão temporária da equipe de policiais sergipanos que participou de uma ação na cidade paraibana de Santa Luzia que resultou na morte do comerciante Gefferson de Moura, de 32 anos. 

A morte do comerciante Gefferson de Moura ocorreu na noite da última quarta-feira (17). Segundo os primeiros relatos dos policiais sergipanos, a equipe estava em território paraibano para cumprir mandados de prisão expedidos contra um grupo que atua no roubo de cargas em Sergipe e que estava escondido na Paraíba. 

No entanto, segundo a versão dos policiais sergipanos, durante as diligências, eles se depararam com um veículo em atitude suspeita e com o condutor armado com uma pistola. Houve uma reação e os policiais atingiram o motorista, que ainda foi socorrido com vida mas morreu em seguida.

No entanto, as informações não foram confirmadas pelas investigações. O caso passou a ser investigado pela Delegacia de Homicídios da cidade de Patos (PB)

Ele1 - Criar site de notícias