Quinta, 03 de Dezembro de 2020
83 99868-8794
Anúncio
Cidades BOQUEIRÃO

Suspeito de matar ex-namorada foi atropelado por companheiro da vítima antes de ser preso

Arthur foi levado à delegacia e será transferido para a carceragem da Central de Polícia de Campina Grande, onde aguardará uma decisão da Justiça.

20/10/2020 21h52
Por: Mídia Paraíba Fonte: G1
Suspeito de matar ex-namorada foi atropelado por companheiro da vítima antes de ser preso

Arthur Lima Aires, suspeito de matar a ex-namorada em Boqueirão, na Paraíba, na noite desta segunda-feira (19), foi atropelado pelo namorado da vítima antes de ser preso, de acordo com a Polícia Civil. Após o crime, o outro rapaz jogou o carro contra Arthur, para impedi-lo de fugir, segundo o delegado Ilamilton Simplício.

O ato, até agora, é considerado como legítima defesa, já que foi a forma que o rapaz encontrou para impedir que Arthur fugisse, de acordo com o delegado. Arthur foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande para receber atendimento e, em seguida, levado para a delegacia, onde foi autuado por feminicídio.

 

 

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, Arthur disse em depoimento que é inocente, e que o namorado de Viviane Alves Faria teria atirado acidentalmente contra ela.

Ainda de acordo com informações do delegado, Arthur e o namorado da vítima entraram em luta corporal, após Arthur encontrar Viviane com o mesmo. Durante a briga, Arthur alega que o outro jovem teria atirado acidentalmente em Viviane, que tentava apartar os dois.

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

De acordo com a Polícia Civil, as informações iniciais do momento do crime são de que o suspeito teria chegado armado à rua Amaro Antônio Barbosa. No depoimento prestado após ser preso, Arthur também disse que a arma não era dele.

A arma do crime ainda não foi encontrada e as investigações continuam. Os familiares da vítima ainda serão ouvidos, segundo o delegado.

A polícia também irá solicitar imagens de câmeras de segurança e o acesso ao celular de Viviane, para analisar se a jovem era ameaçada por Arthur Lima Aires. Até o momento, de acordo com o delegado Ilamilton Simplício, não há informações de que o jovem era violento.

Em entrevista à TV Paraíba, Jacione Gonçalo, mãe de Viviane, disse que o namoro de Arthur e Viviane tinha terminado há quatro meses e que ele já teria ido até a casa da vítima tirar satisfações sobre o término, de maneira violenta. “Eu disse que ele não tinha mais nada a ver com minha filha, para procurar outra pessoa, que ele não viesse mais na minha casa”, diz.

Arthur foi levado à delegacia e será transferido para a carceragem da Central de Polícia de Campina Grande, onde aguardará uma decisão da Justiça.

Ele1 - Criar site de notícias