Segunda, 21 de Setembro de 2020
83 99868-8794
Anúncio
Internacional VEJA VÍDEO

Explosão em Beirute, no Líbano, deixa dez mortos confirmados e centenas de feridos

Hamad Hasan, o ministro da Saúde, afirmou a uma rede de TV que há um "alto número de feridos" e que os danos são grandes.

04/08/2020 17h18
Por: Redacao Fonte: Por Redação ClickPB
A explosão causou destruição em larga escala e quebrou janelas a quilômetros de distância. (Foto: Reprodução
A explosão causou destruição em larga escala e quebrou janelas a quilômetros de distância. (Foto: Reprodução

A explosão na região portuária de Beirute, no Líbano, deixou dez mortos e centenas de feridos nesta terça-feira (4), de acordo com a agência de notícias Reuters.

A Cruz Vermelha contabiliza mais de cem vítimas, entre mortos e feridos. Parte dos feridos foi encaminhada para hospitais, mas ainda há dezenas de pessoas presas em escombros de suas casas.

Não há números precisos sobre a quantidade de feridos nem a causa oficial da explosão. O país já foi alvo de terroristas no passado, mas não há evidência de que se trate de um atentado terrorista.

LEIA MAISForte explosão atinge área portuária de Beirute, capital do Líbano

A Cruz Vermelha disse também que há barcos operando no resgate de pessoas que foram jogadas ao mar. A emissora libanesa LBCI informou que o hospital Hôtel-Dieu de France, no centro da capital libanesa, atende mais de 500 feridos e fez um pedido de doação de sangue.

A explosão causou destruição em larga escala e quebrou janelas a quilômetros de distância.

 

Há operações para retirar as pessoas da região, de acordo com agência oficial, a NNA.

O chefe de segurança interna do Líbano, Abbas Ibrahim, disse que a explosão, na região portuária do Líbano, aconteceu numa seção que armazena materiais que podem ser altamente explosivos, e não explosivos em si.

Em uma entrevista televisionada, ele não quis especular sobre a causa da explosão.

Hamad Hasan, o ministro da Saúde, afirmou a uma rede de TV que há um "alto número de feridos" e que os danos são grandes.

Ele1 - Criar site de notícias