Anúncio
45 ANOS

Após uma semana internado no Hospital Metropolitano, diretor da Cadeia Pública de Mamanguape morre vítima de covid-19

O secretário Sérgio Fonseca, em nome de todos que constituem a Seap, externa sentimentos de profundo pesar pela morte de Denifran

05/05/2020 11h10
Por: Redacao
Fonte: Por Redação
225
Diretor da Cadeia Pública de Mamanguape faleceu nesta segunda-feira (Foto: Reprodução Instagram)
Diretor da Cadeia Pública de Mamanguape faleceu nesta segunda-feira (Foto: Reprodução Instagram)

O diretor da Cadeia Pública de Mamanguape, Denifrank Abrantes, faleceu na tarde dessa segunda-feira (4), vítima de covid-19. Ele estava internado no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, há uma semana.

A Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba divulgou nota de pesar pela morte do servidor. Leia abaixo:

NOTA DE PESAR

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), comunica o falecimento do policial penal DENIFRANK SOARES ABRANTES no início da noite desta segunda-feira (4). Denifrank, 45 anos, era natural de Sousa, sertão paraibano e atualmente estava lotado na Cadeia Pública de Mamanguape, unidade onde era Diretor. O policial penal faleceu vítima da Covid-19 e insuficiência respiratória. Estava internado no Hospital Metropolitano “Dom José Maria Pires”, em Santa Rita. O secretário Sérgio Fonseca, em nome de todos que constituem a Seap, externa sentimentos de profundo pesar pela morte de Denifrank, policial penal que deixa como legado o perfil de um profissional exemplar e uma legião de amigos no Sistema Penitenciário da Paraíba. Denifrank Abrantes morava em João Pessoa e deixa esposa e um casal de filhos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.