Anúncio
ESQUEMA

Funcionária do Detran e despachantes são presos acusados de vender carteiras de motorista na Paraíba

“Os presos deverão ser apresentados audiência de custódia nesta sexta-feira (06) e ficarão à disposição da Justiça”, concluiu

06/03/2020 13h22
Por: Redacao
Fonte: Por Redação
167
A funcionária do Detran está lotada em Campina Grande (Foto: Reprodução)
A funcionária do Detran está lotada em Campina Grande (Foto: Reprodução)

Uma funcionária do Detran em Campina Grande, dois despachantes irregulares e três usuários dos serviços do Detran foram presos no final da tarde desta quinta-feira(5), e autuados em flagrante pela Delegacia de Defraudaçoes e Falsificações (DDF) de Campina Grande. Dos despachantes presos, um é do Rio Grande do Norte e outro da Paraíba.

De acordo com informações do delegado Luciano Soares, após suspeitarem dos ocupantes de um táxi, originário do município de Maxaranguape, no Rio Grande do Norte, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF),  resolveu conduzir todos os ocupantes até a sede da DDF/CG para verificação das informações.

Após investigação da Polícia Civil, foi descoberto um esquema de corrupção para a aquisição irregular de CNHs pela unidade do DETRAN, em Campina Grande.

“Durante a investigação foi apurado que três  homens vindos do município de Rio Grande do Norte foram trazidos a Campina Grande por um despachante  não credenciado do Detran/RN, com o propósito de adquirirem irregularmente carteiras de habilitação, contando com a participação de um despachante paraibano, também  não credenciado e a conivência de uma funcionária do Detran/PB, lotada em Campina Grande “, disse o delegado Gerônimo.

“Os presos deverão ser apresentados audiência de custódia nesta sexta-feira (06) e ficarão à disposição da Justiça”, concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.