Anúncio
EXECUÇÃO

Polícia Civil investiga morte de corretor de imóveis assassinado com 13 tiros no bairro do Castelo Branco

De acordo com testemunhas, um homem na garupa de outra moto foi quem realizou os disparos.

21/01/2020 08h02
Por: Redacao
Fonte: Por Redação
191
O corretor de imóveis morreu ainda no local (Foto: Reprodução)
O corretor de imóveis morreu ainda no local (Foto: Reprodução)

A morte do corretor de imóveis, Adriano Araújo de Lima, de 45 anos, morto com 13 tiros, nesta segunda-feira (20),está sendo investigada pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Aldrovilli Grisi, os autores vieram determinados a executar a vítima por conta da quantidade de tiros.

O homicídio aconteceu na tarde desta segunda-feira (20), no bairro Castelo Branco, em João Pessoa. A vítima estava em uma moto com um amigo quando foi surpreendida pelos tiros.

De acordo com testemunhas, um homem na garupa de outra moto foi quem realizou os disparos. 

Segundo a polícia, a vítima invadiu uma casa para tentar escapar do atirador, mas o executor também entrou no imóvel e continuou atirando.Atingido, o amigo do corretor ficou caído e mesmo ferido atravessou a rua e pediu por ajuda. 

O amigo da vítima foi atingido na perna e precisou ser socorrido para o hospital de Trauma de João Pessoa. Ele foi atendido, recebeu alta e foi levado para a delegacia para prestar depoimento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.