Anúncio
TRAGÉDIA

Ex-policial mata irmã e namorada do sobrinho, e depois se mata na PB

Segundo informações de amigos e familiares, o ex-policial passava por um severo processo de depressão, o que pode tê-lo levado à cometer tal tragédia.

05/01/2020 16h59Atualizado há 7 meses
Por: Redacao
Fonte: Com Pedro Pereira/Blog do Márcio RangelMIDIA PARAÍBA
Alísson, sobrinho do acusado foi ferido com um tiro e sua namorada Cíntia Raquel, que faleceu após ser socorrida
Alísson, sobrinho do acusado foi ferido com um tiro e sua namorada Cíntia Raquel, que faleceu após ser socorrida

Um caso chocou a de Campina Grande na noite do último sábado (4) na Rua Pedro da Costa Agra, no Bairro do José Pinheiro. Um homem de nome Damião Monteiro, ex-Policial Civil, adentrou na casa da sua irmã, Geni Monteiro, de 78 anos, e desferiu contra a mesma vários tiros de arma de fogo, que acabaram por atingir também seu sobrinho, Alisson Ramón, de 23 anos e sua namorada Cintia Raquel, de 22.

Após o ato, o homem cometeu suicídio e morreu ainda no local. As vítimas da violência foram socorridas pela unidades do SAMU para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde Geni veio à óbito.

 Cíntia Raquel Cosme da Silva, de 22 anos, uma das vítimas da tragédia que chocou a cidade na noite deste sábado (4) no bairro do José Pinheiro veio à óbito na manhã deste domingo.

Cíntia, que passou por um processo cirúrgico após o acontecido, sofreu quatro paradas cardíacas e não resistiu.

A comerciária era uma das três pessoas que estavam na casa invadida por Damião Monteiro, de 72 anos.

Alisson Ramon, 23 anos, sobrinho do atirador, foi ferido no braço direito e socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia para ser ouvido e denunciar a tentativa de homicídio. 

Segundo informações de amigos e familiares, Damião passava por um severo processo de depressão, o que pode tê-lo levado à cometer tal tragédia.

Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas