Anúncio
BRIGA

Psicólogo de Guarabira briga com ex-mulher e atira em funcionários de hotel

Eles foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e transferidos para o Hospital da Restauração. Os dois estão internados na unidade de trauma.

04/12/2019 15h53
Por: Redacao
Fonte: Fonte: OP9

Um psicólogo e servidor público abriu fogo nos corredores de um hotel na Avenida Barão de Souza Leão, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, ferindo dois funcionários do estabelecimento na madrugada desta quarta-feira (4). O suspeito, João Raimundo Vieira da Silva de Araújo, funcionário do Tribunal de Justiça da Paraíba, estava hospedado no local e se desentendeu com as vítimas depois de uma briga com a ex-mulher. Ele estaria sob efeito de bebida alcoólica e conseguiu fugir do local. A polícia está em diligências à procura dele.

O psicólogo estava com a ex-companheira no Recife. Os dois vieram da cidade de Guarabira, na Paraíba, para trazer o filho, um bebê de quatro meses, para uma consulta médica. Durante a discussão, iniciada nas áreas comuns do hotel, o suspeito agrediu verbalmente a ex-mulher. Ofendida, ela subiu para o quarto. O suspeito foi até lá e a briga continuou. Lá, a mulher alega ter sido agredida fisicamente por ele.

Os funcionários do hotel, percebendo a confusão, se dirigiram às dependências ocupadas pelo casal. Na tentativa de defender a mulher, eles envolveram em uma luta corporal com o psicólogo, que sacou uma arma e começou a atirar.

Os feridos são um mensageiro e um segurança. Um deles foi atingido por disparos na coluna lombar e na clavícula. O outro foi baleado no abdômen e na parte de trás da cabeça. Eles foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e transferidos para o Hospital da Restauração. Os dois estão internados na unidade de trauma.

A mulher conseguiu sair do quarto e o suspeito fugiu. A ex-esposa dele está prestando depoimento na Delegacia da Mulher, em Santo Amaro. O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) está investigando o caso.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários