Anúncio
RACHA

João Azevêdo chama Ricardo Coutinho de maquiavélico

O impasse interno no PSB seguia desde o mês de agosto após a dissolução do diretório estadual do partido na Paraíba

04/12/2019 12h43
Por: Redacao
Fonte: Por Redação
O governador João Azevêdo anunciou ontem a saída do PSB (Foto: Walla Santos)
O governador João Azevêdo anunciou ontem a saída do PSB (Foto: Walla Santos)

Após a efetivação da saída de João Azevêdo do PSB, os ânimos não se acalmaram e continuaram exaltados na alta cúpula dos antigos aliados. Na manhã desta quarta-feira (04) durante uma entrevista coletiva em Campina Grande, o governador João Azevêdo chegou a chamar Ricardo Coutinho de maquiavélico em razão das recentes declarações do ex-governador.

"Maquiavel já ensina que a melhor maneira de atacar alguém, é inverter as posições", afirmou João Azevêdo referindo-se a Ricardo Coutinho, que teceu duras críticas ao atual governador.

“Durante um ano, pessoas dos maiores cargos do PSB tentaram inviabilizar essa gestão. E você não tem como entender o porquê", comentou o governador. Ele completou ainda dizendo que "afinal de contas, foi um Governo construído com um objetivo. Se alguém imaginava que ia continuar sendo governador do Estado pela vida toda, aí é outra coisa”. A declaração do governador foi vista como uma referência explícita ao ex-governador Ricardo Coutinho.

O impasse interno no PSB seguia desde o mês de agosto após a dissolução do diretório estadual do partido na Paraíba. Após esse episódio, se seguiram diversos ataques e as divergências ficaram expostas.

João Azevêdo já havia antecipado seu desejo em sair da legenda por não se sentir mais à vontade no PSB. No entanto, adiou até ontem o anúncio oficial de desligamento do partido. O destino partidário do governador da Paraíba ainda não foi anunciado, mas deve ser definido até o fim deste ano, segundo o desejo de João Azevêdo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários