Anúncio
CRIME

Adolescente de 12 anos confessa ter matado menina de 9 em São Paulo

A menina apresentava manchas de sangue que cobriam todo o rosto e aparentes lesões nos ombros.

02/10/2019 09h30
Por: Redacao
Fonte: MIDIA PARAIBA

Um adolescente de 12 anos confessou ter matado a menina Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, segundo a Polícia Civil de São Paulo. A confissão ocorreu na madrugada desta terça-feira (1º) na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro da capital paulista. De acordo com a polícia, ele se recusou a dizer a motivação do crime e também disse que agiu sozinho.

A menina foi encontrada morta, no domingo (29/9), amarrada em uma árvore por uma corda, no Parque Anhanguera, na Zona Norte de São Paulo. Raíssa havia desaparecido quando participava de uma festa com outras crianças em um Centro Educacional Unificado (CEU), que fica ao lado do parque. A causa da morte ainda não foi determinada. De acordo com a Polícia Civil, apesar de a vítima ter sido encontrada pendurada pelo pescoço, é pouco provável que ela tenha sido enforcada.

A menina apresentava manchas de sangue que cobriam todo o rosto e aparentes lesões nos ombros. À polícia, ele disse que se deparou com a garota quando passava por uma área restrita a funcionários do parque, segundo o boletim de ocorrência.

O adolescente de 12 anos já teve a apreensão determinada pela Justiça. O jovem será ouvido por promotores do Departamento de Infância e Juventude do Ministério Público de São Paulo. Em seguida, será encaminhado a uma das unidades da Fundação Casa, entidade que visa recuperar menores infratores. O período de internação ainda não foi determinado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas