Anúncio
JOÃO PESSOA

Advogado é suspeito de tentar entrar no PB1 com chips em colchão

O caso ocorreu no fim da manhã desta terça-feira (18).

18/06/2019 14h52
Por: Redacao
Fonte: Portal Correio

Um advogado criminalista foi parar na delegacia suspeito de tentar repassar chips e baterias de celular para dentro da Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, em João Pessoa. O caso ocorreu no fim da manhã desta terça-feira (18).

 

 

Segundo apuração da TV Correio, os dispositivos estavam escondidos em um colchão. O material foi flagrado por agentes penitenciários e o advogado acabou sendo conduzido à Central de Polícia, no Geisel, na Zona Sul de João Pessoa, e o material que entraria no presídio foi apreendido.

 
 

 

À TV Correio, o advogado falou que pegou o colchão com parentes de um detento na porta do presídio, para entregar a um cliente, e não sabia que tinha chips e baterias.

Advogado há 22 anos, o criminalista negou que tivesse sido preso e falou que seguiu para a delegacia espontaneamente para explicar a situação que, segundo ele, não teria sido intencional.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina - PI
Atualizado às 15h23
29°
Alguma nebulosidade Máxima: 33° - Mínima: 24°
33°

Sensação

9 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas