Anúncio
APÓS FISCALIZAÇÃO

CRM interdita Hospital e Maternidade de Patos

O órgão registrou por meio de documento, a interdição ética nas instituições, após fiscalizações constatarem falta de medicamento nos locais.

12/04/2019 18h30
Por: Redacao
Fonte: Por Redação
A fiscalização aconteceu depois que o CRM recebeu denúncias de problemas na unidade, como falta de medicamentos, exames e insumos básicos. (Foto: Reprodução)
A fiscalização aconteceu depois que o CRM recebeu denúncias de problemas na unidade, como falta de medicamentos, exames e insumos básicos. (Foto: Reprodução)

Após um fiscalização na tarde desta sexta-feira (12), o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) determinou a interdição ética dos médicos da unidade de cuidados intermediários neonatal do Hospital e Maternidade Dr. Peregrino Filho, na cidade de Patos, no Sertão paraibano. 

A fiscalização aconteceu depois que o CRM recebeu denúncias de problemas na unidade, como falta de medicamentos, exames e insumos básicos.

No documento divulgado pelo CRM, não havia detalhes dos problemas constatados durante a fiscalização, mas foi destacado que a interdição foi necessária para prevenir a dignidade do atendimento a população.

O documento da interdição ética foi assinado pelo presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais.

 

A interdição ética começa a valer a partir de meia noite deste sábado (13). 

 
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Teresina - PI
Atualizado às 15h23
29°
Alguma nebulosidade Máxima: 33° - Mínima: 24°
33°

Sensação

9 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas