Quinta, 24 de janeiro de 2019
83 99868-8794
Geral

14/01/2019 ás 08h44 - atualizada em 14/01/2019 ás 09h08

Redacao

Teresina / PI

Mudança para posse de armas podem afetar 59 cidades da PB
Texto preliminar aponta que o decreto irá flexibilizar posse de arma para cidades com taxa de homicídios maior que 10 por 100 mil habitantes
Mudança para posse de armas podem afetar 59 cidades da PB
Flexibilização do posse de armas é polêmica no país (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve assinar, até esta terça-feira (15), o decreto que regulamenta a posse de armas de fogo no Brasil. O texto preliminar aponta que o decreto irá flexibilizar posse de armas para cidades com taxa de homicídios maior que 10 por 100 mil habitantes. Nesse caso, 59 cidades paraibanas se enquadrariam no quesito.


De acordo com o Mapa da Violênciamais atual, de 2016, o Conde é o município paraibano com a maior taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes: 94,4. Em seguida, vêm as cidades de Santa Rita (80), João Pessoa (62,9), Mari (49,5) e Patos (48). Confira toda a lista mais abaixo.


O projeto


 


Segundo o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), que foi recebido semana passada pelo presidente Bolsonaro, o texto deve incluir anistia a portadores de armas irregulares, permitindo que o cidadão que tem arma em casa, sem registro ou com o documento vencido, faça o recadastramento.


De acordo com Fraga, o decreto também deve acrescentar um dispositivo que vai tirar do delegado da Polícia Federal o poder de decidir se a pessoa poderá obter a posse, além de elevar o prazo do registro da arma de três para 10 anos.


Fraga acrescentou que o decreto deverá ainda suprimir a necessidade comprovada para obtenção de posse de arma de fogo. Segundo o deputado, bastará o cidadão informar o motivo pelo qual deseja ter uma arma em casa. A justificativa não será mais um impeditivo.


A legislação é clara ao distinguir posse e porte de arma. A posse de arma de fogo, tratada no futuro decreto, permite ao cidadão ter a arma em casa ou no local de trabalho. O porte, que não será contemplado nesse decreto, diz respeito à circulação com arma de fogo forade casa ou do trabalho.


Municípios da PB com 10 homicídios/100 mil habitantes


 


<td class="xl65" style="box-sizing: border-box; padding: 2px 8px; border-top: none; border-right: 1px solid #ededed; border-bottom: 1px solid #ededed; border-left: none; border-image: initial;" align="rig



































































































































































































































































































































































Município UF n HAF Pop. Mé-dia 12/14 Taxa Média
2012 2013 2014*
Conde PB 19 22 24 22.941 94,4
Santa Rita PB 107 116 88 129.597 80,0
João Pessoa PB 499 479 464 764.274 62,9
Mari PB 17 10 5 21.535 49,5
Patos PB 63 44 43 104.089 48,0
Alhandra PB 5 10 12 18.750 48,0
São Bento PB 10 17 18 32.433 46,2
Lucena PB 5 6 6 12.375 45,8
Cabedelo PB 42 28 15 62.540 45,3
Campina Grande PB 171 177 158 397.636 42,4
Brejo do Cruz PB 5 9 3 13.593 41,7
Bayeux PB 38 37 38 97.139 38,8
Pitimbu PB 3 9 6 18.021 33,3
Nova Floresta PB 3 3 4 10.610 31,4
Solânea PB 3 9 13 26.560 31,4
Sapé PB 11 9 27 51.410 30,5
Boqueirão PB 4 5 6 17.336 28,8
Guarabira PB 17 18 12 57.047 27,5
Lagoa Seca PB 6 4 11 26.634 26,3
São Sebastião de Lagoa de Roça PB 2 4 3 11.426 26,3
Rio Tinto PB 8 4 6 23.756 25,3
Caaporã PB 4 4 7 21.084 23,7
Conceição PB 2 4 6 18.671 21,4
Soledade PB 2 5 2 14.327 20,9
Arara PB 0 7 1 13.078 20,4
Pedras de Fogo PB 4 2 11 27.903 20,3
Coremas PB 4 2 3 15.314 19,6
Belém PB 4 3 3 17.402 19,2
Ingá PB 4 4 2 17.815 18,7
Mamanguape PB 9 5 10 43.415 18,4
Catolé do Rocha PB 4 4 8 29.621 18,0
Uiraúna PB 5 2 1 14.977 17,8
Puxinanã PB 3 2 2 13.308 17,5
Massaranduba PB 3 2 2 13.357 17,5
Pilar PB 1 2 3 11.552 17,3
Pocinhos PB 3 4 2 17.779 16,9
Alagoa Nova PB 1 7 2 20.181 16,5
Pirpirituba PB 1

 

FONTE: Por Redação

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium