Quinta, 24 de janeiro de 2019
83 99868-8794
Geral

05/01/2019 ás 09h41

Redacao

Teresina / PI

Enterro de irmãos assassinados por padrasto leva multidão a cemitério; mãe passa mal
Emocionada, mãe dos dois precisou ser socorrida por bombeiros civis.
Enterro de irmãos assassinados por padrasto leva multidão a cemitério; mãe passa mal

Uma multidão prestou homenagens aos irmãos de 11 e 13 anos, que foram assassinados a facadas pelo padrasto, durante o velório dos jovens no município de Moreno, no Grande Recife, nesta sexta-feira (4). A mãe das crianças, Géssica Nascimento, teve de ser socorrida por bombeiros civis no local.


O velório, que aconteceu no Cemitério Morada das Verdes Colinas, foi marcado por comoção e tristeza. Os corpos chegaram ao cemitério por volta das 10h15 desta sexta e foram enterrados por volta das 13h30. Emocionada, Géssica não queria sair de perto dos caixões, mesmo amparada pelos bombeiros.


Maria Alice do Nascimento, de 13 anos, e Alex Gabriel, de 11, foram assassinados pelo padrasto, Robson José dos Prazeres, de 28 anos, na residência da família, no bairro de Vila Holandesa, em Moreno, na quinta-feira (3). A mãe das crianças estava cuidando de um parente idoso e, por isso, não estava no local.


O padrasto teve a prisão em flagrante convertida para preventiva nesta sexta-feira, após audiência de custódia no Fórum de Jaboatão dos Guararapes.


Parentes, vizinhos e moradores da cidade estiveram no cemitério e fizeram fila para se despedir das criança. Uma vizinha relatou que, por diversas vezes, já ouvira briga na casa e ameças de Robson.



Irmãos de 13 e 11 anos assassinados por padrasto foram enterrados nesta sexta (4), em Moreno, no Grande Recife — Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco PressCrime


As duas crianças eram fruto de outro relacionamento da mãe, Géssica Nascimento. Além deles, ela tem ainda outros dois filhos, incluindo uma menina de nove anos que, segundo a mãe, presenciou a morte dos irmãos e conseguiu fugir. O suspeito chegou em casa embriagado e tentou estuprar a enteada de 13 anos, que reagiu.

O menino, de 11 anos, tentou impedir que o crime acontecesse, sendo esfaqueado. O delegado Petrúcio Jucá explica que o menino chegou a ir para o lado de fora da casa, mas não resistiu aos ferimentos. A irmã, de 13 anos, teria tentado impedir o padrasto de machucar o irmão e também foi esfaqueada.


Um vizinho testemunhou o assassinato dos jovens e entrou em contato com a polícia. O corpo dos dois foi encontrado do lado de fora da residência da família.


Segundo a Polícia Civil, Robson José dos Prazeres foi agredido por outros moradores da região e, com a chegada da viatura, tentou fugir do local, mas foi capturado e levado à Delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes.



 

FONTE: G1

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium