Segunda, 20 de agosto de 2018
83 99868-8794
Cidades

04/08/2018 ás 12h50 - atualizada em 04/08/2018 ás 13h24

Redacao

Teresina / PI

Enfermeira se nega atender ocorrência em ambulância em situação de risco e é demitida pelo prefeito de Capim
Ambulância da cidade de Capim encontra-se em situação precária e coloca em risco a vida de pacientes.
Enfermeira se nega atender ocorrência em ambulância em situação de risco e é demitida pelo prefeito de Capim

A enfermeira Maíra Cunha, do município de Capim, foi demitida pelo prefeito Tiago Lisboa, duas horas após se negar ao pedido do gestor para transportar uma paciente para João Pessoa, pelo péssimo estado de conservação de uma ambulância da Secretaria de Saúde.


Em uma postagem na rede social, a enfermeira denuncia que, ao se negar transportar a paciente pelo risco que o veículo está causando a vida da causando a vida da população, foi demitida de imediato.


“Me neguei a colocar minha vida em risco e da paciente e não paciente e não demorou 2 horas para ser demitida”, relatou.





Ambulância da cidade de Capim encontra-se em situação precária, com pneus desgastados, colocando em risco a vida de pacientes.



Em outro momento, ela afirma que o próprio prefeito Tiago Lisboa e a Secretária de Saúde foi no seu local de trabalho para obrigá-la a se deslocar na ambulância para João Pessoa.


Tenho vergonha de ter apoiado uma gestão como essa, todos os funcionários tem medo de lutar pelo seu direto”, lamentou.


Ainda nas fotos com imagens de com imagens de uma ambulância da marca Fiat Uno, é possível observar o veículo em péssimas condições mecânicas, com pneus carecas, fechadura da porta traseira danificada e bancos rasgados.


O Portal tentou contato com o prefeito Tiago Lisboa mas não conseguiu obter uma resposta sobre o caso.


FONTE: PBdoVale

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium