Sábado, 21 de julho de 2018
83 99868-8794
Brasil

08/07/2018 ás 23h49 - atualizada em 08/07/2018 ás 23h57

51

Redacao

Teresina / PI

Rapaz mata a namorada recém-formada em medicina e comete suicídio ao saltar do 16º andar de prédio em Campinas
Os corpos foram encontrados na manhã deste domingo no Jardim Aurélia.
Rapaz mata a namorada recém-formada em medicina e comete suicídio ao saltar do 16º andar de prédio em Campinas

 






 

Carro da Setec em frente a condomínio em Campinas (Foto: André Natale/EPTV)Carro da Setec em frente a condomínio em Campinas (Foto: André Natale/EPTV)



Carro da Setec em frente a condomínio em Campinas (Foto: André Natale/EPTV)











Um rapaz de 28 anos matou a namorada de 27 anos na madrugada deste domingo (8). Em seguida, ele cometeu suicídio ao saltar do 16º andar de um condomínio, no Jardim Aurélia , em Campinas (SP), segundo informações da perícia da Polícia Civil.





Rafael Morais Garcia era formado em educação física e Marília Camargo Carvalho havia concluído o curso de medicina pela PUC-Campinas na sexta-feira (6).







 

A jovem Marília Camargo de Carvalho (Foto: Reprodução Facebook)A jovem Marília Camargo de Carvalho (Foto: Reprodução Facebook)



A jovem Marília Camargo de Carvalho (Foto: Reprodução Facebook)









 

Rafael Garcia em foto postada em rede social (Foto: Reprodução Facebook)Rafael Garcia em foto postada em rede social (Foto: Reprodução Facebook)



Rafael Garcia em foto postada em rede social (Foto: Reprodução Facebook)






De acordo com informações da perícia, o jovem matou a namorada por asfixia no início da madrugada. E, por volta das 6h, ele se jogou do prédio.




Ainda segundo a perícia, foram recolhidos para análise computadores, celulares, documentos e as imagens do circuito-interno do prédio, que mostram o rapaz circulando pelo elevador e corredores durante a madrugada.




Os dois corpos foram retirados do local. O rapaz era de Minas Gerais e a jovem do Paraná.




 



Nota de pesar



 




A PUC-Campinas emitiu na tarde deste domingo uma nota pela morte de Marília.




"É com pesar que a PUC-Campinas recebe a notícia do falecimento da aluna Marília Camargo de Carvalho. A Reitoria da PUC-Campinas, as Diretorias do Centro de Ciências da Vida e da Faculdade de Medicina e toda a comunidade universitária lamentam profundamente a perda da aluna e se solidarizam com a dor da família".



FONTE: Por André Natale/EPTV e G1 Campinas

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium